Dias de Filosofia

Fafi realiza a 1ª Semana do curso de Filosofia

A Faculdade Estadual de Filosofia Ciências e Letras (Fafi), que é uma Instituição especializada em formar educadores, ganhou um forte aliado no ano passado: a inclusão do curso de Filosofia à Instituição. Este ano, já na sua segunda turma, o colegiado realizou a sua 1ª Semana do curso. Um evento que contou com a presença de renomados estudiosos no cenário nacional.
A Semana foi realizada no auditório da Fundação Cultural de União da Vitória, entre os dias 26 e 29 de maio e teve em seu foco o ensino da Filosofia. “Procuramos voltar principalmente para a questão do ensino de Filosofia, que é o maior desafio hoje, tendo em vista a obrigatoriedade da Filosofia e da sociologia no ensino médio e a procura por profissionais nessas áreas.”, conta o coordenador do curso Aurélio Bona Júnior. 
A abertura da Semana ficou por conta do professor Dr. Cleverson L. Bastos, da Pontifícia Universidade Católica (PUCPR), que tratou do tema Ética e Sociobiologia. O professor abordou a discussão em torno da genética e suas implicações sociais e os principais desafios no campo da ética.
Na terça-feira, A Natureza da Filosofia e seu Ensino, foi o tema da palestra ministrada pelo professor Dr. Desidério Murcho, da Universidade de Lisboa e King’s College de Londres, que está atualmente no Brasil como professor convidado da Universidade Federal de Ouro Preto (UFOP). Na mesma noite, o professor Samon Noyama (UFOP) ponderou sobre a Filosofia no Ensino Médio.
“O principal desafio da Filosofia no ensino médio diz respeito ao que a Lei de Diretrizes e Bases (LDB) prevê. A LDB prevê que o adolescente tenha subsídios filosóficos e sociológicos necessários para o exercício da cidadania. Entendendo que para o exercício da cidadania, nós precisamos ter uma formação política, ética, estética, além de quebrar paradigmas impostos pelos meios de comunicação de massa e levar o aluno à criticidade. Entende-se que não existe formação para a cidadania sem esses elementos que são próprios da Filosofia.”, explica o professor Aurélio.
A pauta de quarta-feira aconteceu de forma participativa com uma Mesa Redonda, em que todos os professores do curso apresentaram suas principais pesquisas e visões acerca do ensino da Filosofia.
O Professor Dr. André Bueno (Fafi) discorreu a respeito do Ensinar Filosofia, Pensar nas Ruas.
O fechamento da 1ª Semana do curso de Filosofia se deu com a palestra O Filosofar na Educação Básica, assunto explorado pelo professor Dr. Darcísio Muraro (IFEP). Que contou sobre seu trabalho no Instituto Paranaense de Filosofia para Crianças, do qual é presidente. O público presente também foi composto pela presença de alunos de Pedagogia. Segundo o professor Aurélio, a palestra foi muito proveitosa. “É importante cultivar este aspecto crítico, aproveitando essa capacidade de questionar que as crianças naturalmente trazem e que infelizmente a sociedade aos poucos vai moldando e fazendo com que elas acabem por perder isso. A Filosofia está aí para tentar evitar que isso aconteça.”.
A 1ª Semana de Filosofia pôde ser considerada uma espécie de comemoração à lei sancionada pelo presidente da república, que valida a obrigatoriedade da Filosofia no ensino fundamental, lei esta que havia sido promulgada em 1996. “Faz tempo que a lei prevê isso, mas só agora é que a Filosofia conquistou esse espaço necessário na formação dos adolescentes”, considera o coordenador. Para ele, a Filosofia pode fazer com que os alunos cheguem ao ensino superior com uma aptidão maior para desenvolver autonomia intelectual, capazes de produzir por conta própria e de forma crítica.

Fotos:

 

Praça Coronel Amazonas, S/N - Centro Cx. P. 291 - CEP: 84600-000 - União da Vitória - PR - Fone/Fax: (42) 3521-9100