Jornal na sala de aula

Essa é a idéia da acadêmica de Letras Português / Inglês da Fafiuv, Daniele Borges de Lima. O assunto que virou tema do seu TFES é umas das formas de incentivo à leitura

 

 

            Manchetes polêmicas, cotidianas e descontraídas. Não importa o gênero. As manchetes conduzem a entrada de jornais na sala de aula e despertam nos alunos o interesse pela leitura, além de contribuir para o ensino. Palavra de quem entende de atividades lúdicas. Ela é Daniele Borges de Lima, acadêmica do 4º ano de Letras Português/Inglês da Faculdade Estadual de Filosofia, Ciências e Letras (Fafiuv). Daniele, assim com os demais colegas do curso, se dedica aos assuntos relacionados à arte de ensinar. Pois em dezembro, Daniele estará com o diploma de docente em mãos. Mas até lá, o friozinho na barriga se refere ao Trabalho Final de Estágio Supervisionado (TFES).

            Daniele adora ler. A ação serviu como inspiração para o seu TFES. Com o tema Trabalhando o Jornal em Sala de Aula, a acadêmica afirma que o papel dos jornais vai muito além de uma mera contribuição na sala de aula. “O uso dos jornais contribui para a formação do aluno, além de incentivar a leitura”, afirma.

           

Tema

            O tema começou a ganhar vida em 2007, durante a elaboração do pré-projeto. Agora, em 2008, são alguns meses que separam Daniele de um de seus maiores sonhos: o diploma de licenciada em Letras Português / Inglês.

O projeto é orientado pela professora Ms. Maria Cristina F. Robaszkievicz. Para concluir o curso, Daniele cumpre algumas horas de estágio. A jovem tem 10 horas/aula que estão sendo aplicadas a 32 alunos da 5ª série C, do Colégio Estadual José de Anchieta. Segundo a acadêmica, o projeto teve repercussão positiva por parte dos alunos e também da professora regente, Ivanira Olbertz.”Acredito que o uso de jornais em sala de aula pode começar já nas primeiras séries do Ensino Fundamental. Pois é uma forma de prática para ampliar o vocabulário dos alunos”, confirma a acadêmica Daniele.

 

Metodologia

            De forma dinâmica e contagiante, a acadêmica leva o tema do seu TFES para a sala de aula. De que maneira? É Simples. Daniele, desde o dia 21 de agosto, desperta o interesse dos alunos pelos jornais. São atividades que envolvem desde a história do meio de comunicação até a sua importância para a comunidade. Análises da linguagem estrutural do meio de comunicação também são feitas na sala de aula. A idéia, segundo a acadêmica, é instigar a produção textual dos alunos. Ao final, a acadêmica pretende reunir todos os textos produzidos pelos alunos para montar um jornal mural “Quando percebo no rosto dos alunos expressões de contentamento, fico muito feliz. É neste momento que eu vejo que o tema agradou e trará inúmeros resultados, tanto educacionais como para a vida toda do aluno”, conta.

           

O grande dia

            Daniele está contando os dias para a apresentação de seu TFES frente à banca examinadora que deverá acontecer na segunda quinzena de outubro deste ano. Neste dia, aliado à ansiedade, certamente a acadêmica reviverá situações que deram origem e continuidade ao seu TFES. Foram idéias de um lado. Correções de outro. Dias e mais dias de dedicação. E grandes amizades feitas com os 32 alunos do Colégio Estadual José de Anchieta.

 

 

Daniele Borges de Lima, acadêmica do 4º ano de Letras Português/Inglês da Fafiuv

 

Foto – crédito Wannessa Stenzel 

Assessoria de Comunicação

Coordenadora: Patrícia dos Santos de Souza

Acadêmica: Wannessa Stenzel 


Praça Coronel Amazonas, S/N - Centro Cx. P. 291 - CEP: 84600-000 - União da Vitória - PR - Fone/Fax: (42) 3521-9100