Voto de Aplausos


 O projeto Ação Educativa Contra a Exploração e o Abuso Sexual de Crianças e Adolescentes em União da Vitória recebeu voto de aplausos da Câmara Municipal

            Por ocasião do evento Abuso sexual: ações e reflexões para uma infância e adolescência saudável - organizado pelo Projeto Ação Educativa Contra a Exploração e o Abuso Sexual de Crianças e Adolescentes em União da Vitória,entre os dias 18 e 21 de março, a Câmara Municipal de União da Vitória aprovou a moção 05/2009 dos vereadores Ricardo Adriano Sass e Ziliotto Daldin, e fez consignar em Ata dos Trabalhos da reunião ordinária do dia 23 de março um Voto de Aplausos “parabenizando o projeto pela magnitude do evento que reuniu centenas de pessoas que foram agraciadas com palestras e mini-cursos proferidos por profissionais capacitados na área.”Cita ainda que “iniciativas como esta do projeto e do Curso de Filosofia da Faculdade Estadual de Filosofia, Ciências e letras (Fafiuv) engrandecem a todos, e fazem com que a sociedade passe a olhar com mais atenção os sérios problemas existentes em nossa comunidade”.
            O evento obteve repercussão no município e contou com a participação de autoridades, como o Juiz da Vara da Infância e Juventude, Família e Anexos - Dr. Carlos E. Mattioli Kockanny, o Promotor da Vara da Infância e Juventude, Família e Anexos, Dr. Júlio R. de Campos Neto, o Comandante da Polícia Militar, Mj. Edson Hartmann de Oliveira, a Secretária de Educação, Prof. Marli Brugnago, o Diretor da Fafiuv, Bel. Valderlei Garcias Sanches, entre outros.
O público presente era composto de representantes de instituições de assistência social, do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente, do Conselho Tutelar, do Núcleo Regional de Educação, acadêmicos e professores da Fafiuv, da Uniguaçu, da UnC, de alunos do magistério e, principalmente, de professores das redes Estadual e Municipal de Educação.
            Para o coordenador do projeto, Prof. Ms. Aurélio Bona Júnior, o evento teve a função principal de “mobilizar a sociedade local no entendimento das proporções que o problema assumiu no município, bem como instrumentalizar profissionais no diagnóstico e no encaminhamento dos casos de abuso sexual”. Para o professor, os resultados do evento serão insuficientes “se a sociedade, assim como as instituições sociais e a administração municipal, não assumirem como prioridade a superação do problema e não encontrarem mecanismos para melhorar as condições de enfrentamento por meio dos órgãos competentes, como o Conselho Tutelar”.
            Segundo a Psicóloga, Ms. Marínea Maria Fediuk, – professora orientadora do projeto, “é necessário haver mais esclarecimento sobre as conseqüências do abuso sexual na formação das crianças e adolescentes. Os problemas decorrentes do abuso sexual irão depender da idade em que a pessoa foi abusada, a frequência com que o ocorreu, e principalmente será determinante quem é a pessoa que abusou, mas com certeza haverá conseqüências, e estas permanecerão durante a vida toda se não forem tratadas, e em alguns casos, os efeitos são irreversíveis”.
            A escola é o principal local de observação das crianças e os professores são os principais agentes na percepção e na denúncia dos casos. Contudo, de acordo com a Prof. Esp. Vanessa C. Jakimiu – Orientadora do Projeto – os professores “tem muitas dificuldades em tratar deste assunto, pois os cursos de formação de professores não enfatizam a educação para a sexualidade, principal forma de prevenir e identificar o problema”.
            O Projeto Ação Educativa vêm estudando o abuso e a exploração sexual em União da Vitória desde outubro de 2007 e, além da mobilização social em torno do “enfrentamento” ao problema, está promovendo em convênio com a Secretaria de Educação uma formação contínua com os professores da rede municipal para entendimento, diagnóstico e encaminhamentos necessários.
            Seus integrantes são: Prof. Ms. Aurélio Bona Junior (coordenador); Prof. Ms. Marínea Fediuk e Prof. Esp. Vanessa C. Lara Jakimiu (orientadoras); Hélio Tomal e Esp. Lidiana Larissa Lenchiscki (recém-formados), Aline Werle de Oliveira, Carine Michele Cecchin, Cleri Aparecida Oliveira, Irene Biella e Marcela Mazur (acadêmicas bolsistas). Além destes, participam como voluntárias as acadêmicas Claudia Camargo Schroetter e Simone A. Sacks Faesser.

 

Fotos


Equipe organizadora do Evento

 

Assessoria de Comunicação
Coordenadora: Ana Paula Such
Acadêmica: Wannessa Stenzel  

Praça Coronel Amazonas, S/N - Centro Cx. P. 291 - CEP: 84600-000 - União da Vitória - PR - Fone/Fax: (42) 3521-9100