Paixão pela dança transforma-se em projeto acadêmico na Fafiuv


A apresentação do projeto piloto de criação do Grupo de Pesquisa em Cultura e Danças Hispânicas aconteceu na quarta-feira, 20.  

 

              As palavras soam como um ritmo musical. Os gestos são como passos ordenados na dança. E os olhos brilham como se estivessem em dia de apresentação. Ela é Izabel Cristina Ribas Rodrigues, apaixonada pela dança. A doutoranda, professora de Educação Física e acadêmica do 2º ano do curso de Pedagogia da Faculdade Estadual de Filosofia, Ciências e Letras (Fafiuv), transformou sua paixão em um projeto acadêmico.
              Na quarta-feira, 20, a professora apresentou para os professores e acadêmicos de Letras Português/Espanhol e Letras Português / Inglês, no Salão Nobre da Instituição, o projeto piloto de criação do Grupo de Pesquisa em Cultura e Danças Hispânicas da Fafiuv. Orientado pela professora Arlete Benghi Melo o objetivo é estudar como a dança escolar pode ser abordada como estratégia de ensino do professor do curso de Letras, com a finalidade de discutir usos, costumes, tradições e resgate da influência da cultura hispânica as sociedade brasileira.
              De acordo com a professora Izabel, o ensino da dança justifica-se por meio do resultado tanto do movimento individual quanto do efeito coletivo da coreografia. “Sempre vi na dança a forma de inserir o homem em sua integralidade. A dança tem cunho científico, por isso pode ser utilizada como estratégia de ensino em qualquer disciplina, inclusive nas aulas de Língua Portuguesa”.
               O projeto será dividido em dois momentos. No primeiro momento os acadêmicos do curso de Letras, participarão de um Taller (oficina), que visa a construção da práxis da Dança Escolar com aulas teóricas voltadas ao conhecimento que fundamentaram o sentido da dança no desenvolvimento integral do aluno. No segundo momento irá se disseminar o que construíram nas escolas do seu núcleo social. O projeto conta com apoio da direção e dos professores do Colegiado de Letras da Fafiuv.  

Participação
               O projeto será colocado em prática neste ano. Seus ensinamentos acontecerão aos sábados, totalizando 40 horas/aula. Poderão participar acadêmicos e professores do Colegiado de Letras.

Apresentação
               A apresentação do projeto contou com riquezas de informações e uma pitada de bom humor. Em cada palavra dita, a professora Izabel transparece tamanha admiração pela dança. Desde menina ela apreciava a delicadeza dos movimentos e seus contextos históricos. Hoje, aos 35 anos de idade, Izabel não deixou de lado seu objetivo de inserir a dança nos ensinamentos nas salas de aula. Para ela, “as atividades lúdicas ensinam e muito”.
               Durante a sua fala, Izabel comentou sobre a história da dança que foi dividida em Antigüidade, Pré-História, Idade Antiga, Idade Média, Renascença, Idade Moderna e Contemporânea. A professora citou curiosidades e a importância da dança na sociedade, no sentido de se explorar a cultura do seu povo, costumes, pensamentos e formas de se viver.

Serviço: Melhores informações podem ser obtidas na Fafiuv, que fica na Praça Coronel Amazonas ou pelo telefone (42) 3521 – 9100.

 

Foto


Doutoranda, professora de Educação Física e acadêmica do 2º ano do curso de Pedagogia da Fafiuv, Izabel Cristina Ribas Rodrigues


: Público presente durante a fala da professora Izabel

 

 

Assessoria de Comunicação
Coordenadora: Ana Paula Such
Acadêmica: Wannessa Stenzel  

Praça Coronel Amazonas, S/N - Centro Cx. P. 291 - CEP: 84600-000 - União da Vitória - PR - Fone/Fax: (42) 3521-9100