Sempre é Tempo de Saber comemora dois anos de atuação na Fafiuv

A comemoração foi marcada pela entrega de certificados na quarta-feira, 14, para os 116 alunos do projeto que envolve alfabetização, letramento e inclusão digital

           

“A Vida é cheia de desafios que,

se aproveitados de forma criativa,

 transformam-se em oportunidades”.

 

            As palavras de Maltz são prova viva de que nunca podemos desistir de nossos sonhos. O trecho foi escolhido justamente para ilustrar uma reportagem que envolve pessoas muito especiais. Pessoas aprenderam, ensinaram e que continuam a aprender. Seus desafios, hoje, são outros. Muito diferente dos já vividos. Estas pessoas especiais encontraram nos avanços tecnológicos um fascínio – que até então estava escondido por falta de oportunidades. Estamos falando dos alunos do Projeto Sempre é Tempo de Saber. Para esta turma de 116 membros da Terceira Idade da região o que não falta é descontração e vontade de aprender.

            Desenvolvido pelo Colegiado de Pedagogia da Faculdade Estadual de Filosofia, Ciências e Letras (Fafiuv). O Projeto de Alfabetização, Letramento e Inclusão digital para Terceira Idade faz parte do Programa de Extensão Universidade Sem Fronteiras, da Secretaria de Estado da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior (Seti), subprograma Incubadora dos Direitos Sociais.

 

Conheça o Projeto

           Os alunos do projeto são os membros da Terceira Idade de União da Vitória e região. O projeto oferece aulas de alfabetização, letramento e inclusão digital.  De acordo com a pedagoga coordenadora do projeto, Sônia R. Faesser Tomstki, o objetivo do projeto Sempre é Tempo de Saber é o de melhorar a qualidade de vida do idoso, diminuindo as desigualdades, proporcionando aos alunos autonomia de transitar com a tecnologia e a informação de modo que melhore sua auto-estima e sua autoconfiança, interagindo com alegria e satisfação; além disso, sendo conhecedor de seus direitos perante a sociedade em que convive. 

 

Equipe de trabalho

           A Coordenadora do projeto é a professora, Esp. Liris R. K. Guerra, orientadora Prof. Ms. Márcia M. Stentzler, alunas recém-formadas Sônia R. Faesser Tomstki (Pedagogia), Ângela Cristina Senff (Psicologia), acadêmicos bolsistas Chiara da Silveira Assunção (Pedagogia), Carlos Eduardo K. Anzolin (Letras), Jefferson Lima (História) Liliane de Fátima Camargo (Pedagogia), Loriziane E. Marcondes de Albuquerque (Pedagogia), Márcia dos Santos (Pedagogia) e alunos participantes dos cursos oferecidos pelo Projeto.

 

Entrega de certificados

            É claro que não poderiam faltar as comemorações para marcar os dois anos de atuação do projeto na Fafiuv. Uma festa arraigada de muita emoção foi preparada para os alunos na manhã da quarta-feira, 14, no Salão Nobre da Instituição. Além de contarem com a apresentação de vídeos e fotografias que retratam a passagem dos alunos pelas áreas de estudo, foi a entrega de certificados que chamou a atenção. Os homens estavam com a camisa toda alinhada. Já as mulheres capricharam na maquiagem e adereços. Tudo para ficarem elegantes durante a pose para fotos.

            A professora Sônia não escondeu a felicidade de proporcionar para os alunos um momento que permanecerá para sempre na memória e coração. Para ela, os olhos brilhantes e a expressão de felicidade dos integrantes da Terceira Idade é maior satisfação.

           O diretor da Fafiuv, Bel. Valderlei Garcia Sanches, acompanhou a entrega de certificados e parabenizou a equipe que conduz os trabalhos do projeto, bem como saudou os alunos da Melhor Idade pela disposição e participação assídua para com o projeto.

 

Expectativa

            O que o que alunos mais desejam é que o projeto retome as atividades no ano que vem. Para que isso ocorra é necessária a aprovação da Seti.

 

Tamanha felicidade

            Os colegas de projeto Cleonilde Furlan, Dalva Maia e Algemiro da Silva comemoram a participação no projeto. Eles freqüentaram as aulas de informática. Ao serem perguntados sobre os dois anos de estudo na Fafiuv a reposta é a mesma. Eles afirmaram estar muito felizes com o aprendizado até o momento.

 

Uma lição

            Algumas horas ao lado desta turma bem-humorada e com impares conhecimentos de vida nos faz pensar na frase de Marxweel Maltz que diz:  “A felicidade é um bem que se multiplica ao ser dividido”.

 

Fotos

 

Composição da Mesa de Trabalhos


Descontração: Pedagoga coordenadora do projeto, Sônia R. Faesser Tomstki e a aluna do projeto, Cleonilde Furlan


Alunas da Melhor Idade com o certificado em mãos


A aluna Regina Cabral caprichou no visual para receber o certificado


Alunos do Projeto


Composição da Mesa de Trabalhos


Composição da Mesa de Trabalhos


O aluno Algemiro da Silva agradece o carinho dos professores do projeto


Os alunos capricharam na pose para foto

Professores e alunos do projeto

 

Assessoria de Comunicação    

Coordenadora: Ana Paula Such  

Acadêmica: Wannessa Stenzel

Praça Coronel Amazonas, S/N - Centro Cx. P. 291 - CEP: 84600-000 - União da Vitória - PR - Fone/Fax: (42) 3521-9100