Escreler: um incentivo pelo gosto da leitura e escrita

A proposta do projeto é o reforço da Língua Portuguesa para os alunos do Ensino Fundamental. O projeto que é coordenado pela professora da Fafiuv Ms Liliam Heinen foi aplicado neste ano na Escola de Educação Básica Antônio Gonzaga em Porto União

 

 

            Falar sobre a arte de ensinar é algo que a professora do Colegiado de Letras da Faculdade Estadual de Filosofia, Ciências e Letras (Fafiuv), Ms. Liliam Maria Bresciani Heinen, faz com paixão e comprometimento. Prova disso é o seu envolvimento com os projetos voltados a área de educação. Um deles em especial que é o Projeto Escreler.

           O projeto, que já é destaque na Instituição, foi aplicado neste ano na Escola de Educação Básica Antônio Gonzaga, no bairro Santa Rosa, em Porto União. Os resultados do Escreler foram comemorados na tarde de quinta-feira, 6, pelos alunos e professoras durante o encerramento das atividades previstas para o ano letivo.

 

Escreler

            A professora Liliam explica que o nome do projeto é uma junção entre a escrita e a leitura. “É uma maneira criativa para incentivar a produção de textos e também para incentivar o gosto pela leitura”.

            Ainda, a proposta do projeto é o reforço da Língua Portuguesa para os alunos do Ensino Fundamental nas escolas da rede estadual, na tentativa de sanar, nos alunos, dificuldades de escrita e leitura.

 

Dissertação de mestrado

            O envolvimento da professora Liliam com o projeto não é de hoje. O sucesso das atividades segue desde a defesa da sua dissertação de mestrado, na qual a prerrogativa do Escreler virou tema central. Inspirada pelos estudos do russo Mikhail Mikhailovich Bakhtin e pelas contribuições educacionais de Cèlestin Freinet, a mestra trilhou os caminhos da pesquisa focando a realidade encontrada em sala de aula.

Oficinas de reforço

            A professora Liliam explica que o projeto Escreler consta de oficinas de reforço em Língua Portuguesa. Neste ano, as atividades foram direcionadas para os alunos de 5ª e 6ª séries do Ensino Fundamental da Escola de Educação Básica Antônio Gonzaga. A sugestão veio da professora colaboradora do projeto, Esp. Cyntia Marques. Com atuação também no Colegiado de Letras da Fafiuv, a professora convidou a equipe de trabalho do Escreler para ministrar as atividades de reforço para os seus 15 alunos do contra-turno. “Fiquei muito feliz com a atuação da equipe do projeto aqui na Escola. Era um sonho traze-los para ministrar as atividades para a minha turma. O resultado foi muito gratificante”.

 

Equipe de trabalho

            Esta é uma equipe de trabalho apaixonada pelo que faz. Sob a coordenação da professora Liliam, o projeto Escreler conta com o trabalho voluntário das acadêmicas Fabiana Menegel (3º ano de Letras Português / Inglês), Sirlei da Rocha Dobler (2º ano de Letras Português / Inglês), Janete Scheid, pós-graduanda e a professora colaboradora do projeto, Esp. Cyntia Marques.

 

Objetivos

            De acordo com a professora Liliam, o objetivo do projeto foi o de preparar as acadêmicas para vivenciar a realidade escolar e também contribuir para o desenvolvimento de alunos que apresentam dificuldades na leitura e escrita. A equipe de trabalho recebeu materiais didáticos de literatura infanto-juvenil para serem utilizados como suporte das atividades aplicadas em sala de aula. “O trabalho com os alunos decorreu do incentivo à leitura ofertando livros de literatura e também a produção e a reestruturação de diversos gêneros textuais”. Além disso, as acadêmicas capricharam no lúdico em sala de aula com jogos e premiação.

 

Planejamento

            O projeto Escreler foi programado passo a passo pela equipe de trabalho. Para o primeiro semestre foi realizada a reunião de pais dos alunos participantes do projeto que afirmaram que a iniciativa foi positiva. Já para o segundo semestre foi programada a festa de encerramento do projeto em 2009, que aconteceu no dia 6 de novembro. O projeto contou com um total de 20 oficinas, cada uma delas foi programada com muito carinho pela equipe.

 

Avaliação

           No projeto foram avaliadas a assiduidade e dedicação por parte das acadêmicas e também a persistência do grupo de alunos, além do acompanhamento de freqüência. Durante o encerramento os alunos foram premiados, sendo o menino e a menina que mais leram livros e o aluno que se fez presente em todas as atividades.

 

Festa para comemorar

            Foi notável a satisfação dos alunos para com o resultado do projeto. O aluno da 5ª série, Ronaldo Wilhelms, mostrou o que aprendeu no decorrer das oficinas. Com parte de um texto que foi escrito por ele em mãos, o aluno afirmou que aprendeu “muita coisa”. Em especial, confirmou que as atividades despertaram-lhe o gosto pela leitura.

 

Fotos

 

Alunos do projeto Escreler

Alunos do projeto Escreler juntamente com a equipe de trabalho

Equipe de trabalho (Da esquerda para a direita): Acadêmica Sirlei da Rocha Dobler (2º ano de Letras Português / Inglês), Fabiana Menegel (3º ano de Letras Português / Inglês), Janete Scheid, pós-graduanda e a professora coordenadora do projeto, Ms Liliam Heinen

 

 

Assessoria de Comunicação  

Coordenadora: Ana Paula Such  

Acadêmica: Wannessa Stenzel  

Praça Coronel Amazonas, S/N - Centro Cx. P. 291 - CEP: 84600-000 - União da Vitória - PR - Fone/Fax: (42) 3521-9100