Casa da Família Amazonas será restaurada

O imóvel que representa parte de nossa história ainda mantém sua construção original. O problema é que com o passar do tempo às faces da obra pedem restauração. Há dois anos a casa foi cedida pela prefeitura de União da Vitória em comodato para a Fafiuv

 

 

           O diretor da Faculdade Estadual de Filosofia, Ciências e Letras (Fafiuv), Bel. Valderlei Garcia Sanches, compartilha uma ótima noticia com os moradores de União da Vitória e região. O sonho da restauração da Casa da Família Amazonas, localizada no Distrito de São Cristóvão, agora é uma realidade. Vale lembrar que há cerca de dois anos a casa foi cedida pela prefeitura de União da Vitória em comodato para Fafiuv. Assim, a manutenção e a conservação do imóvel ficam temporariamente sob a responsabilidade da Instituição. 

           A notícia da restauração do imóvel aconteceu no dia 25 de outubro, quando o diretor da Fafiuv acompanhado do contador da Instituição, Edson da Silva e do presidente da Associação dos Amigos do Trem (AAT) Marcelo Roveda, se deslocaram a Brasília para uma audiência com o Deputado Federal Airton Bernardo Roveda. A audiência foi mediada pelo presidente da AAT.

           De acordo com Valderlei, o deputado Roveda mostrou-se solicito para com a reforma da Casa Amazonas. “Pela situação em que a casa se encontra (deteriorada) o investimento para a reforma é alto. Será necessário fazer uma restauração geral, mantendo a arquitetura original. A restauração completa com tudo o que pretendemos fazer, ultrapassa os R$ 150 mil”. O orçamento foi apresentado juntamente com o projeto de restauração elaborado pela Instituição e entregue para o deputado.

            Com o projeto em mãos, Roveda comunicou ao diretor sobre a liberação de uma emenda no valor de R$ 160 mil para que seja efetuada a restauração da Casa Amazonas. A restauração terá inicio no primeiro semestre de 2010. “Voltamos satisfeitos com a destinação da verba do Deputado Roveda. É uma sensação de missão cumprida, pois agora vamos recuperar um patrimônio que é nosso”.

           O diretor comenta ainda que desde que assumiu a direção da Instituição, há dois anos, tem se dedicado - juntamente com o Colegiado de História - na produção de projetos que possam viabilizar apoio financeiro para a restauração do local.   

           A intenção é a de transformar o local em um arquivo histórico. Também em uma das salas, montar um museu com peças antigas que marcam a história do povo de União da Vitória e disponibilizar materiais para consultas. 

 

A história

            Conforme os relatos do vice-coordenador do Curso de História da Fafiuv, professor Ms. Ilton César Martins, o Cel. Amazonas de Araújo Marcondes nasceu no dia 17 de dezembro de 1845 e faleceu em 23 de dezembro de 1924.

           Sua chegada em nossa terra está datada em 1880, que logo comprou a Fazenda Passo do Iguassú. Ao participar do processo de apropriação dessa região, o Cel. Amazonas consolidou o povoado e, consequentemente, a cidade de Porto União da Vitória. A possibilidade que teve de explorar o Rio Iguaçu com seus vapores, concedida através do Decreto Imperial no. 7248 de 19 de abril de 1879 nos fornece uma boa dimensão do impacto de sua presença na região.

           Politicamente, Cel. Amazonas participou ativamente do processo de criação em 1890 da Intendência Municipal de União da Vitória, separando-se de Palmas. O fato aconteceu por meio do decreto n. 54 de 27 de março, sendo que este eleva a categoria de Vila a então freguesia de União da Vitória. Na mesma data surge o decreto n.55, que cria a Intendência Municipal de União da Vitória. Já no dia 4 de maio de 1890, a sessão solene de instalação da Intendência, tendo por intendente o Sr. Amazonas de Araújo Marcondes.

           

 

Fotos

Casa da Família Amazonas, localizada no Distrito de São Cristóvão

 

Diretor da Fafiuv, Bel. Valderlei Garcia Sanches

  Da esquerda para a direita: Presidente da Associação dos Amigos do Trem (AAT) Marcelo Roveda, contador da Fafiuv, Edson da Silva, Deputado Federal Airton Bernardo Roveda e o diretor da Fafiuv, Bel. Valderlei Garcia Sanches.

 

 

Assessoria de Comunicação  

Coordenadora: Ana Paula Such  

Acadêmica: Wannessa Stenzel 

Praça Coronel Amazonas, S/N - Centro Cx. P. 291 - CEP: 84600-000 - União da Vitória - PR - Fone/Fax: (42) 3521-9100