Curso de Espeologia teve repercursão nacional e aceitação multidisciplinar

            Coordenado e ministrado pelo professor do Departamento de Geografia, Prof. Sérgio R. Ferreira dos Santos, o curso de Introdução a Espeleologia que aconteceu entre os meses de fevereiro e março de 2010 teve repercussão nacional entre os meios acadêmicos (UFSC, FAFIUV, UFPR e SBE) e uma boa aceitação por parte dos acadêmicos da FAFIUV.
            Prova disso, é a participação de alunos dos cursos de Geografia, História, Biologia, Engenharia Ambiental, Química e Matemática, totalizando 24 cursistas que aprenderam teoria, técnica e prática espeleológica, em treinamentos de foram desde os aspectos geológicos das cavernas, técnicas de mapeamento a laser, cálculo trigonométrico até socorrismo nestes ambientes. Mais do que isso tiveram a oportunidade de colocar seus conhecimentos em prática, pois como afirmou o Professor Sérgio, as Cavernas se resumem a um grande laboratório, recheado de informações que ali esperam por pessoas capazes de decifrá-las.  
            “Deve-se compreender que as cavernas não pontos turísticos, pelo menos não as que temos em nossa região. Uma visitação em massa, sem controle, vista muito mais pelo sentido de “explorar”, é altamente maléfica ao ambiente cavernícola. A simples respiração de mais de dois indivíduos pode acarretar na extinção de seres endêmicos que talvez nem tenham sido analisados pela ciência, ou destruir todos os vestígios de ocupação pré-histórica que ali possam existir, ou o que poderia ser pior, colocar em risco a vida humana pela queda de blocos e soterramento, até um traumatismo craniano, pela falta de equipamento apropriado e despreparo”.
            O objetivo deste curso foi à qualificação de pessoas que possam entender e passar esse conhecimento adiante, alertando para os perigos e alternativas científicas e acadêmicas que os ambientes cavernícolas podem oferecer.
            As Cavernas, uma vez registradas, pertencem ao Patrimônio Federal, e, portanto, antes de qualquer atividade no interior da mesma, ou adjacências, deve ser notificado pedido à pessoa competente, pois muitas das cavernas hoje são focos de pesquisas de graduandos, mestres e doutores, sendo uma atividade legalizada e principalmente, “segura”.

Praça Coronel Amazonas, S/N - Centro Cx. P. 291 - CEP: 84600-000 - União da Vitória - PR - Fone/Fax: (42) 3521-9100