Possibilidade de incorporação da Fafiuv à Unicentro entra na pauta de discussões da Amsulpar


 
A conversa aconteceu no dia 29 de março, na sede da entidade, durante reunião ordinária


 
 
            A reunião ordinária da Associação dos Municípios do Sul do Paraná (Amsulpar), realizada no dia 29 de março, na sede da entidade, teve como pauta, entre vários assuntos, a possibilidade de transformação da Faculdade Estadual de Filosofia, Ciências e Letras (Fafiuv) em um campus da Universidade Estadual do Centro-Oeste (Unicentro).  O assunto foi discutido logo no inicio da reunião, às 14h. Entre perguntas, dúvidas, apresentação da proposta e explanações, a conversa, em um tom informal, seguiu até às 15h30. Os prefeitos deram prioridade para com a proposta.
            A reunião contou com a presença do presidente da Amsulpar e prefeito do município de Paula Freitas, Paulo Henrique de Matos Almeida, prefeito interino do município de Cruz Machado, Nelson Barchak, prefeito do município de Porto Vitória, Kurt Nielsen Junior, deputado Airton Bernardo Roveda; representando a Fafiuv o diretor Bel. Valderlei Garcia Sanches, coordenador do Curso de Filosofia Ddo. Aurélio Bona, vice-coordenador do Colegiado de Letras professor Ms. Éderson José de Lima, professora do Colegiado de Letras Ms. Ivete Pauluk,  representando a Unicentro o vice-reitor o professor Aldo Nelson Bona, pró-reitor de planejamento professor Fernando Franco Netto, diretor de desenvolvimento universitário professor Adenilson José da Silva.


  Fafiuv
            De acordo com o diretor da Fafiuv a incorporação da Fafiuv à Unicentro ocorre de forma bastante democrática. Caso a comunidade e os segmentos da Instituição concordem com a incorporação da Fafiuv à Unicentro, ainda será necessária a aprovação em outras instâncias governamentais do Estado do Paraná.  O diretor lembra que a ideia da fusão das Instituições teve inicio em 2007, durante o mandato do professor Dr. Eloy Tonon e do reitor da Unicentro, Vitor Hugo Zanette.


Unicentro
            O vice-reitor da Unicentro apresentou a estrutura física e o funcionamento institucional e afirmou que ambas as Instituições terão ganhos visíveis com esta incorporação. O professor Aldo explicou que a Fafiuv enquanto campus universitário terá maior comprometimento na área de ensino, pesquisa e extensão. “A intenção é aproximar a sociedade da comunidade acadêmica através dos projetos. Na área de ensino o diferencial se refere na possibilidade de criação de novos cursos de extensão e pós–graduação, além da abertura de mais vagas”.


  Identidade da Fafiuv
           A identidade da Fafiuv, com a possível incorporação a Unicentro, será preservada conforme foi esclarecido pelos professores.  “A Fafiuv não perde a sua identidade. Pois não haverá transferência da Instituição para Guarapuava. A Fafiuv vai continuar aqui, no prédio, com os mesmos servidores. Ela continua com as mesmas características. Não devemos ficar preocupados com o conceito de identidade da Fafiuv, mas sim que ela vai continuar promovendo o desenvolvimento da sociedade de União da Vitória”, explicou o vice-reitor.


Amsulpar
             O presidente da entidade afirmou ser favorável a fusão das Instituições e colocou-se a disposição para mediar uma conversa entre os professores com o governo do estado na tentativa de apresentar a proposta.
 
 
 
 
 BOX
Questionamentos
 
O vice-reitor da Unicentro respondeu ainda há mais dois questionamentos que seguem:
  Professor, Como a Unicentro vê essa possibilidade de fusão com a Fafiuv?
Professor Aldo: A Unicentro ainda está no momento de discussão interna desta proposta. A Unicentro, por decisão do seu Conselho Universitário, designou uma comissão para compor um projeto com vistas a incorporação. Este projeto foi elaborado e será apresentando ao governo do estado. A intenção da Unicentro é que esta fusão seja algo totalmente vantajoso, tanto para a Fafiuv, quanto para a Unicentro.
 
Como o Governo do Estado vê essa possibilidade de fusão da Unicentro com a Fafiuv?
Professor Aldo: Estamos num momento bastante particular de discussão no âmbito do Governo do Estado. As políticas da secretaria de Ciências e Tecnologia e do próprio governo apontavam no sentido de que o governo faria um esforço grande de transformar as faculdades em universidades, incorporando-as nas universidades já existentes e em alguns casos, eventualmente, compondo uma universidade nova. A Seti olhou esta iniciativa da Fafiuv e da Unicentro como uma iniciativa de fazer um projeto piloto, unindo uma faculdade a uma universidade e fazer com que este projeto se expandisse para o Estado. Havia uma expectativa muito grande que este projeto viesse a acontecer a curto prazo. Porém, uma decisão desta importância não pode ser feita às pressas, é uma discussão que já tem mais de três anos de existência, porque precisa ser um processo de amadurecimento. Nós, estamos agora numa fase e até na perspectiva de assumir um novo governador para complementação de mandando, ou seja, sendo um ano eleitoral, isso representa um cuidado maior entre as duas instituições. O que nós viemos discutir com os prefeitos hoje, aqui, na Amsulpar, é que caso venha a ser aprovado pelo Governo do Estado a fusão entre as duas instituições, que isso se dê mediante a aprovação de Lei, deixando bem claro todos os compromissos a serem implementados nos próximos anos. Uma vez sendo lei, as Instituições poderão exigir o cumprimento da Lei e todos terão assegurado a continuidade no seu processo de desenvolvimento.

Baixe a entrevista: Parte 1 Parte 2 Parte 3


 
 
Fotos



 
 
 

 


Assessoria de Comunicação
Coordenadora: Ana Paula Such
Acadêmica: Wannessa Stenzel  

Praça Coronel Amazonas, S/N - Centro Cx. P. 291 - CEP: 84600-000 - União da Vitória - PR - Fone/Fax: (42) 3521-9100