Professora da Fafiuv participa de Congresso Internacional da Cátedra Unesco

O evento aconteceu de 20 a 23 de julho, em João Pessoa (PB)

 

            A professora do Colegiado de Pedagogia da Faculdade Estadual de Filosofia, Ciências e Letras (Fafiuv), Ms. Mariane Sohn, voltou da cidade de João Pessoa (PB) com a bagagem repleta de novidades. A professora participou do I Congresso Internacional da Cátedra Unesco de Educação de Jovens e Adultos, que aconteceu entre os dias 20 a 23 de julho, em João Pessoa (PB). O evento contou com a participação de cerca de três mil pessoas.
            O congresso tem o formato de uma rede interinstitucional, proposta e coordenada pelas Universidades Federal da Paraíba (UFPB), Universidade Federal de Pernambuco (UFPE) e Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), que promove eventos, formação de educadores, publicações, documentação, debates e pesquisas, intercâmbios regionais, nacionais e internacionais, além de outras atividades no campo da Educação de Jovens e Adultos (EJA).

Escola Itinerante Paulo Freire

            A dedicação e os estudos para com a área da educação instigou a professora Mariane a apresentar durante o I Congresso Internacional da Cátedra Unesco de Educação de Jovens e Adultos uma pesquisa efetuada sobre o histórico do processo de criação e desenvolvimento da “Escola Itinerante Paulo Freire”. Inicialmente localizada no acampamento “1º de Maio”, no município vizinho de Bituruna, tendo a mesma sido deslocada, após quatro anos, para o acampamento “Reduto de Caraguatá”, no município de Paula Freitas, devido a discordâncias entre o grupo já instalado e novos grupos lá recém-chegados apoiados pelas elites. 
Segundo a professora Mariane, a pesquisa além de pontuar um breve histórico sobre a educação do campo no Brasil, buscou apresentar os passos da trajetória tanto do acampamento quanto da escola itinerante, suas marchas e contramarchas, e, sobretudo, sua luta contínua pela manutenção dos mesmos, compreendendo-se, dessa forma, que a investigação do objeto educativo ocorre sob a perspectiva histórica.
A educadora conta que para a elaboração da pesquisa foram utilizados procedimentos pré-definidos de pesquisa, como a busca em bibliografias específicas e informações oficiais de diversos órgãos públicos que possuem ações voltadas a Educação do Campo, incluindo os Cadernos SECAD 2, da  Secretaria da Educação Continuada, Alfabetização e Diversidade do Ministério da Educação (MEC) e do Núcleo Regional de Educação de União da Vitória (NRE), além de pesquisa participante através de entrevistas orais efetuadas com os  funcionários responsáveis  pelo Setor de Educação Campo do referido núcleo  e moradores do acampamento.

 

Fotos

 


Professora do Colegiado de Pedagogia da Fafiuv, Ms. Mariane Sohn

 


 

 


Mesa Redonda - História e tempo presente da EJA
Da direita para esquerda: Osmar Fávero (UFF/Brasil); Leôncio Soares (UFMG/Brasil); Alberto Melo (Portugal); Afonso Scocuglia (Cátedra/UFPB/Brasil)

 

Conferência de encerramento: da esquerda para direita: Carlos Rodrigues Brandão (UNICAMP/Brasil); Carlos Alberto Torres (UCLA/Estados Unidos); Afonso Scocuglia (Cátedra/UFPB/Brasil).

 

Assessoria de Comunicação   
Coordenadora: Ana Paula Such    
Acadêmica: Wannessa Stenzel 

Praça Coronel Amazonas, S/N - Centro Cx. P. 291 - CEP: 84600-000 - União da Vitória - PR - Fone/Fax: (42) 3521-9100