Projeto do Programa Estadual da Universidade Sem Fronteiras da Fafiuv grava na TV Educativa

            O Coordenador do projeto Inovação Tecnológica na criação de peixes em tanques viveiros no Sul paranaense, professor Dr. Eloy Tonon, juntamente com o Biólogo, Marcos Otávio Ribeiro, ainda, o Eng. Agrônomo Alexandre F. Puzzina estiveram no dia 19 de novembro, na cidade de Curitiba, nos estúdios da TV Educativa para gravar um documentário sobre Piscicultura. O referido projeto foi selecionado entre vários que a Fafiuv desenvolve no programa de extensão universitária.
            Durante uma hora de entrevista, os integrante do projeto da Fafiuv  discorreram sobre a importância da piscicultura, em especial do potencial hídrico da região sul paranaense para o desenvolvimento da piscicultura de água doce. O professor Eloy e o biólogo Marcos destacaram a importância do Centro de Piscicultura na produção de alevinos de peixes nativos e exóticos, adaptados a nossa região e que estão atendendo aos produtores. Ainda, procuraram mostrar as pesquisas que estão sendo realizadas no laboratório, bem como o atendimento aos produtores, com apoios as suas iniciativas com orientações precisas sobre qualidade da água, alimentação dos peixes e tratamentos preventivos de doenças.
            O Eng. Alexandre, presidente da ECO-peixe e com uma experiência de produção de mais de 20 anos, mostrou a importância de alavancar e estimular a piscicultura, ainda, colocou que efetivamente existe uma demanda crescente para o consumo de carne de peixe. “Nós acreditamos que com os estímulos, somados ao fornecimento de alevinos de boa qualidade a preços módicos, orientações seguras, potencial hídrico das propriedades, os pequenos e médios produtores rurais, com a criação de peixes em tanques viveiros poderão melhorar a alimentação e ainda agregar renda a propriedade”.
            Em nossa região a produção ainda é diminuta, basta ver que no ano de 2010, por ocasião do período da quaresma, no qual o consumo aumenta, faltou peixe. É importante destacar também que a carne de peixe de água doce; carpas, lambaris, jundiás tem um valor médio muito inferior ao preço da carne bovina. Mesmo sendo mais barata é de qualidade nutritiva muito superior. O que se faz necessário é ter cada vez mais disponibilidade de carne de peixe e ao mesmo tempo criar o hábito para o consumo.

 

Foto

 

 

 

                                 
Assessoria de Comunicação da Fafiuv
 Coordenadora: Ana Paula Such
Acadêmica: Wannessa Stenzel

Praça Coronel Amazonas, S/N - Centro Cx. P. 291 - CEP: 84600-000 - União da Vitória - PR - Fone/Fax: (42) 3521-9100