CASARÃO DOMIT: UMA VIAGEM AO PASSADO

* Sheila Regina Bernardin
 
 
Este texto tem a função de discutir alguns aspectos sobre patrimônio histórico, sobre educação patrimonial e a visita de campo realizada no dia 27 de agosto de 2011, ao Casarão Domit em Irineópolis pelos alunos da Pós-Graduação do Curso de História da FAFI, na disciplina da Professora Ms. Leni Trentim Gaspari.
Depois de realizar diversas discussões, fazer leitura de textos e escrever artigos ou projetos que ampliaram o nosso conhecimento sobre o patrimônio histórico, educação patrimonial, importância da preservação e de informar as pessoas na sociedade sobre a necessidade de cuidar daquilo que preserva a nossa história, o passado de diversas pessoas, entendemos que não haveria melhor fechamento para a disciplina de Patrimônio Histórico e Educação Patrimonial do que a visita ao Casarão Domit. Pois, a ida ao Casarão nos possibilitou ver na prática todas as teorias discutidas nas aulas.
A partir do momento em que entramos no Casarão parece que ocorre uma viagem no tempo, somos transportados há aproximadamente 85 anos atrás. Diversos aspectos nos chamam a atenção durante a visita. O primeiro que podemos elencar é o cuidado com todos os objetos dentro da casa e principalmente a interação que ocorre com os visitantes, onde podemos manusear os objetos e desta maneira conhecer qual a função deles e para que eram utilizados. As roupas e os chapéus no guarda-roupa em perfeito estado de conservação também nos chama muito a atenção, eles ressaltam mais uma vez o zelo com a casa.
Outro aspecto bastante importante que é ressaltado pelo proprietário da casa é a dificuldade enquanto apoio dos órgãos públicos em verbas para auxiliar a manutenção da casa, mesmo porque manter em funcionamento uma casa como o Casarão requer muitos cuidados e tudo isto implica em custos. Como mencionei há pouco, para nós enquanto pós-graduandos a visita a casa reforça o que já foi discutido em sala de aula sobre a importância do patrimônio e de sua preservação e como professores ela nos oferece uma ótima oportunidade para trabalhar com a educação patrimonial. Por meio de uma visita a casa, certamente despertaríamos a curiosidade dos alunos na disciplina de História e com certeza aprenderiam realmente qual é o sentido de preservação.
Esta viagem reforçou em cada um de nós dois aspectos: tanto a necessidade de preservação para que haja o conhecimento da história por parte das futuras gerações, o que para nós historiadores é algo extremamente importante, bem como a dificuldade de fazer isto, pois, apesar de haver órgãos especializados em cuidados desta natureza existem divergências quanto ao auxilio por parte deles aos bens que devem ser preservados.
Antes de encerrar este texto é preciso ressaltar o trabalho realizado pelo senhor Domit, o  qual é extremamente importante e valioso no que diz respeito a preservação da história e  da cultura de um povo. A atitude do senhor Domit é com certeza um exemplo a ser seguido e divulgado por todos nós, pois “lugares de memória” como esse são relevantes pois são estes espaços que nos transportam ao passado e nos fazem conhecer  modos de viver e saber  das gerações passadas.
 
 
 
 
 
* Sheila Regina Bernardin é aluna da Pós Graduação em História da FAFIUV. Durante o módulo Patrimônio Cultural e Educação Patrimonial, ministrado pela professora Ms. Leni Trentim Gaspari, os alunos visitaram no dia 27 de agosto o Casarão Domit em Irineópolis, de propriedade do senhor Dr. Roberto Domit de Oliveira. O objetivo da atividade foi proporcionar aos professores cursistas uma reflexão sobre a possibilidade de se trabalhar com bens culturais e patrimônio histórico local/regional no processo ensino-aprendizagem de História, com finalidade de estimular o senso de preservação da memória social coletiva. A saída a campo para estudo in loco num espaço de memória possibilita aos cursistas oportunidades de perceber a materialidade concreta da preservação de um espaço com objetos de época e ainda perceber a memória como composição que visa dar sentido a experiências pessoais, passadas e presentes.

 
Assessoria de Imprensa Fafiuv
Faculdade Estadual de Filosofia, Ciências e Letras

 

Assessoria de Comunicação
Coordenadora: Ana Paula Such
Acadêmica: Wannessa Stenzel

Praça Coronel Amazonas, S/N - Centro Cx. P. 291 - CEP: 84600-000 - União da Vitória - PR - Fone/Fax: (42) 3521-9100