HISTÓRIA

PEQUENO HISTÓRICO DO CURSO

Em 1960, realizou-se o 1° Concurso Vestibular, no qual foram aprovados 16 candidatos para o Curso de História. A aula Inaugural foi proferida em 28/03/1960, às 10:00 horas, com a presença do Excelentíssimo Sr. Governador do Estado Moisés Lupion, Secretário de Educação e Cultura, Sr. Nivon Weigert, o ex-secretário Dr. Plínio Franco Ferreira da Costa, comandante do 5° BEC, Tenente Coronel Gerson de Sá Tavares, autoridades da Comitiva Governamental, autoridades locais e dos municípios vizinhos, professores, acadêmicos, intelectuais da cidade e outras pessoas da comunidade. A mesma esteve a cargo do professor da Universidade Federal do Paraná, Dr. José Loureiro Fernandes, Professor Catedrático da Cadeira de Antropologia, que proferiu palestra com o tema As Populações Primitivas do Paraná, baseado em pesquisas realizadas nas jazidas antropológicas do litoral e interior do estado, em Sessão Solene no Salão Nobre da escola Normal Secundária Professora Amazília.
Desde então o curso iniciou suas atividades didáticas, pedagógicas e culturais, tendo como primeiro Diretor da Faculdade o Dr. Luiz Wolski. A primeira formatura deu-se em 18 de dezembro de 1963, com 8 alunos, no auditório do Cine Teatro Luz. Após a imposição de grau, houve uma premiação de honra ao mérito ao 1° colocado do curso, o aluno Joaquim Osório Ribas. A 1ª reunião do Departamento de História (16/09/1963) ocorreu na sala da congregação da FAFI tendo como diretor do Departamento o professor Aniz Domingos. A assembléia teve por objetivo a necessidade urgente de se elaborar o Estatuto do Departamento.
Desde o início do curso esteve presente a preocupação do Departamento em promover eventos sócio-culturais como: Organização de exposições de valores históricos brasileiros principalmente regionais, organização de outras Exposições, Seminários, Pesquisa Histórica, Simpósio de História, Oficinas Cursos de extensão e Conferências.
A criação de CEPEH (1976), Centro de Estudos e Pesquisa em História tem como objetivo incentivar o gosto pela pesquisa Histórica. Hoje ele é coordenado por um grupo de acadêmicos do curso sob supervisão do Chefe do Departamento.
Em 23 de março de 1979 deu-se a fusão do Departamento de História e Geografia em Departamento de Ciências Sociais, conforme determinava o Regimento da Faculdade em seu artigo 72 seção IV. Em 11 de março de 1981, dissolveu-se o Departamento de Ciências Sociais voltando a ser Departamento de História em virtude da vigência do Novo Regimento Interno da Faculdade, aprovado pelo Conselho Federal de Educação conforme parecer n° 1153/80.
Atualmente as atividades mencionadas acima continuam sendo oferecidas aos acadêmicos, professores e comunidade, acrescidos pela assistência as escolas, com a atuação dos acadêmicos e mini-cursos. Realizam-se também viagens Histórico-Cultural à cidades Históricas, Museus Históricos e Arqueológicos.
Em 1999, foi criado o Arquivo Histórico do Departamento, Acervo Documental, com a finalidade de contribuir com acadêmicos professores e pesquisadores, em geral, que buscam o conhecimento do passado , que é intrínseca ao ser humano que sempre preocupou-se com suas origens. Também possibilita aos acadêmicos a participação efetiva em atividade diferenciadas, no âmbito da pesquisa e organização arquivística, além de preservar a memória histórica da sociedade local pela guarda da documentação, contamos com o trabalho de todos que se dedicam ao estudo e a pesquisa histórica, oportunizando meios de colaborar e construir conhecimento.
Atualmente, o Curso de História da FAFIUV desenvolve ainda uma série de projetos de pesquisa e extensão, envolvendo-se diretamente no contexto acadêmico nacional e atuando prontamente junto a comunidade e a rede de ensino local. A preocupação com o processo educativo em História nos leva a uma contribuição mais sólida e precisa junto a esta Instituição de Ensino Superior e a seus participantes, para que o seu dedicado esforço em cumprir sua missão de gerar e universalizar conhecimentos para a sociedade, se concretize.

 

HABILITAÇÃO DO CURSO
O curso de História recebeu autorização para funcionar em 25/11/1959, em sessão plenária do conselho Nacional de educação, pelo parecer n° 562, tendo como relator o emérito conselheiro escritor Alceu Amoroso Lima.
Em 19/01/1960, o decreto n° 47666, assinado pelo Excelentíssimo Sr. Presidente da Republica Juscelino Kubitschek de Oliveira e pelo Ministro da Educação Clóvis Salgado, também concedia a autorização para o funcionamento do mesmo. Em 31/07/1967 o decreto Federal n° 6112 concede o reconhecimento do Curso.

 

OBJETIVOS DO CURSO

O curso de História destina-se principalmente à preparação para o exercício do magistério. O profissional de História pode exercer sua profissão em Escolas, Faculdades, Institutos de Pesquisas e Arquivos, Bibliotecas e Museus. O historiador busca no passado as informações. Assim, na compreensão das formas de viver das diferentes sociedades e nos diferentes tempos e espaços, adquirimos melhor conhecimento da realidade em que vivemos, nos situamos de forma consciente no mundo e passamos a compreender melhor a natureza social e individual do ser humano.

 

PERFIL DO PROFISSIONAL

Espera-se que o profissional licenciado em História saiba formular questões críticas relativas à atuação pedagógica do educador e à busca inquietante do pesquisador. Assim, quer-se que o egresso, tendo completado o tempo de graduação e sido aprovado na forma curricular, desenvolva as seguintes competências:
1- Esteja dotado de uma consciência analítica e crítica da evolução e produção histórica.
2- Tenha capacidade de reprodução pedagógica e didática do conhecimento histórico acumulado e percepção da continuidade de estudos e pesquisas que fomentem sua carreira.
3- Que entenda que a sua formação acadêmica é de professor-pesquisador, para o que dever reunir habilidades de pensar criticamente, comunicar-se de maneira eficaz e de valorizar a busca de conhecimentos pelos seus alunos.
4- Que tenha competência comunicativa na escrita e na oratória, de forma que, na sua atuação em sala de aula ou na pesquisa, leve em consideração a importância das linguagens que permeiam todo o processo de comunicação e formação das culturas na História.
5- Que saiba integrar com eficiência e eficácia os conhecimentos apreendidos, a postura didática, o uso de meios auxiliares e as inovações tecnológicas.
6-Ter consciência da necessidade de constante atualização profissional, que inclui: avaliar crítica de sua atuação pedagógica e dos materiais que utiliza; revisão bibliográfica permanente; execução de projetos de ensino e pesquisa; preservação do patrimônio histórico e ambiental.

COMPETÊNCIAS E HABILIDADES
As competências podem ser alicerçadas em dois tópicos-síntese, quando o egresso do curso de História deverá:
1- Dominar as diferentes concepções metodológicas que referenciam a construção do conhecimento histórico e de sua difusão em atividades didático-pedagógicas.
2- Transitar pelas fronteiras entre a História e outras áreas do conhecimento, sendo capaz de demarcar seus campos específicos e, sobretudo, de qualificar o que é próprio do conhecimento histórico.
3- Que entenda que a sua formação acadêmica é de professor-pesquisador, para o que deve reunir habilidades de pensar criticamente, comunicar-se de maneira eficaz e de valorizar a busca de conhecimentos pelos seus alunos.
4- Que tenha competência comunicativa na escrita e na oratória, de forma que, na sua atuação em sala de aula ou na pesquisa, leve em consideração a importância das linguagens que permeiam todo o processo de comunicação e formação das culturas na História.
5- Que saiba integrar com eficiência e eficácia os conhecimentos apreendidos, a postura didática, o uso de meios auxiliares e as inovações tecnológicas.
6- Tenha consciência da necessidade de constante atualização profissional, que inclui: avaliação crítica de sua atuação pedagógica e dos materiais que utiliza; revisão bibliográfica permanente; execução de projetos de ensino e pesquisa; preservação do patrimônio histórico e ambiental.

7- Que alie a técnica à teoria, compreendendo e permitindo que se compreenda que a tecnologia não é mera “informatização”, mas uma visão sistêmica das relações da História com as outras disciplinas em favor da melhor comunicação humana, que se desenvolve em tempo real e engendra uma cultura universal, mas acompanhada de todas as ressonâncias das particularidades, isto é, “trata-se do universal sem totalidade”.

EMENTÁRIO DO CURSO DE HISTÓRIA

DISCIPLINA:LIBRAS
EMENTA: 

DISCIPLINA: DIDÁTICA DA HISTÓRIA (2° ano)
EMENTA: Aspectos históricos, pedagógicos e legais do ensino no Brasil, suas dimensões estruturais e implicações para o ensino da disciplina de História. Exploração das fases do desenvolvimento psicossocial de jovens que entram em contato com os conteúdos da História. Parâmetros conceituais da formação da consciência histórica com implicações para o ensino e as abordagens que dialogam com as diversas correntes historiográficas.Prática nos componentes curriculares: 15 horas

DISCIPLINA: METODOLOGIA E PRÁTICA DE ENSINO DE HISTÓRIA E ESTÁGIO SUPERVISIONADO (3º Ano)
EMENTA: Relação entre as teorias da História e sua utilização na escola. Instrumentalização básica para aplicação de técnicas, recursos, habilidades no ensino de História. Trabalho de parceria com as escolas e outras instituições. Relato de experiências desenvolvidas. A responsabilidade do acompanhamento do Estágio Supervisionado nesta série: 200 horas, está sob responsabilidade do professor desta disciplina. E a carga horária das práticas nos componentes curriculares é de 10 horas.

DISCIPLINA: METODOLOGIA E PRÁTICA DE ENSINO DE HISTÓRIA E ESTÁGIO SUPERVISIONADO (4º Ano)
EMENTA: Reflexões teóricas a respeito do ensino de história. Sessões de orientação para elaboração de projeto de ensino. Aplicação de projetos de ensino e monitoria nas escolas e outras instituições. Seminários para apresentação dos projetos e para relatar as experiências desenvolvidas. Práticas no Componente Curricular: em todas as atividades 10 Horas.
Estágio Supervisionado: 200 h sob responsabilidade do professor desta disciplina.

DISCIPLINA: PATRIMÔNIO HISTÓRICO CULTURAL
EMENTA: Construir  a noção de Patrimônio Histórico e cultural através dos processos que originam e consolidam. Elaborar o conhecimento histórico pela abordagem dos estudos patrimoniais e também da memória enquanto viés de pesquisas,  identificando nos seus registros que se faz na riqueza das  experiências humanas. Serão destinadas 20 horas para atividades da Prática de Ensino, desenvolvidas na Instituição ou fora dela, de acordo com projeto proposto.

DISCIPLINA: TEORIA DA HISTÓRIA I
EMENTA: Teoria da História refere-se à natureza do fazer histórico, ao mapeamento e identificação dos procedimentos e das etapas-chaves da prática investigativa do historiador e suas diferentes abordagens ao longo do tempo bem como o conhecimento das principais escolas historiográficas e alguns de seus conceitos. Serão destinadas 18 horas aula para atividade de prática de componente curricular.

DISCIPLINA: TEORIA DA HISTÓRIA II
EMENTA:Como continuidade dos estudos Teoria da História I e ao mapeamento e identificação do procedimentos e das etapas-chaves da prática investigativa do historiador e suas diferentes abordagens ao longo do tempo. A prática dos componentes curriculares está centrada nas relações entre a teoria e prática, o que leva os alunos a produzir textos reflexivos a partir de leituras, fichamentos, debates e um primeiro contato com fontes de pesquisa, perfazendo 20 horas.

DISCIPLINA: TEORIA E PRÁTICA EM HISTÓRIA ORAL
EMENTA:A história oral em seu desenvolvimento histórico. Principais problemas teóricos do método. Polarização entre memória  e História. Instrumentos de registro e conversão histórica. Prática documental e trabalho em laboratório específico. Prática nos Componentes Curriculares: 20 horas.

DISCIPLINA: INICIAÇÃO A PESQUISA HISTÓRICA
EMENTA: Planejamento, orientação e delegação de atividades direcionadas para a elaboração de projeto de pesquisa e de monografia.  Normas para apresentação científica e parâmetros de pesquisa. Serão destinadas 40 h/aula para a execução de práticas de ensino, desenvolvidas na Instituição ou fora dela de acordo com o projeto proposto.

DISCIPLINA:MONOGRAFIA

EMENTA:Sessões de orientação às etapas do desenvolvimento da pesquisa e da produção escrita dentro do rigor metodológico, os projetos são divididos por área de conhecimento entre os professores do Departamento. As orientações são realizadas uma vez por semana em horário estabelecido no cronograma semanal do curso em horário regular de aula.São consideradas 72 horas de práticas de componentes curriculares.
Obs: Não consta bibliografia considerando que cada projeto de pesquisa orientado tem temáticas diferentes. Nesse sentido as orientações bibliográficas são passadas diretamente pelos orientadores aos seus orientandos.
EMENTA: Pesquisa e redação de texto monográfico de acordo com as normas ABNT, visando formação técnico científica. Perfazendo 72 horas aula como atividade de prática de componente curricular

DISCIPLINA: ANTROPOLOGIA CULTURAL
EMENTA: Estudo dos principais elementos da Ciência Antropológica, as Teorias da Cultura e dos quadros evolutivos do homem como um todo, ser biológico e cultural e suas manifestações na vida social. Atividades de prática de ensino 10 horas.

DISCIPLINA: HISTÓRIA ANTIGA
EMENTA:    O objetivo do curso consiste em fornecer o instrumental básico para a realização de atividades de pesquisa e docência na temática de história antiga, abrangendo conteúdos, métodos e técnicas de pesquisa, trabalho com documentos e desenvolvimento de análise crítica. O enfoque do curso situa-se em dois níveis fundamentais: o das civilizações orientais (Egito, Mesopotâmia e Palestina) e o do mundo Greco-Romano. Serão destinadas 10 h/a para atividades de práticas de ensino feitas na Instituição ou fora dela.

DISCIPLINA:   HISTÓRIA  MEDIEVAL
EMENTA:   O curso objetiva principalmente fornecer um instrumental básico necessário para a realização de atividades de pesquisa e docência na área de História Medieval. Os estudos abrangerão conteúdos diversificados, métodos e técnicas de pesquisa, trabalho com documentos e desenvolvimento  de análise crítica.  Dividimos o enfoque do curso em três áreas principais: O Ocidente Medieval, O Império Bizantino e o Mundo Islâmico. É prevista ainda a realização de atividades práticas de ensino, sendo num total de 10 horas para seu cumprimento legal

DISCIPLINA:  HISTÓRIA MODERNA
EMENTA: O curso de objetiva, principalmente, fornecer um instrumental necessário para a realização de atividades de pesquisa e docência na área de História Moderna. Os estudos abrangerão conteúdos diversificados, métodos e técnicas de pesquisa, trabalho com documentos e desenvolvimento de análise crítica. O desenvolvimento das sociedades modernas, a cristandade e o problema das heresias, o Estado Absolutista, Renascimento, Modernidade e Mercantilismo, a Reforma religiosa e a Contra-Reforma, Cultura popular. É prevista ainda a realização de atividades práticas de ensino, sendo num total de 10 horas para o seu cumprimento legal.

DISCIPLINA: HISTÓRIA DA AMÉRICA
EMENTA: Estudo da História da América, englobando uma análise e compreensão das conjunturas sociais e econômicas dos povos pré-colombianos, os processos de exploração e povoamento, as lutas pela independência e as revoltas e conflitos latino-americanos contemporâneos. Práticas no Componente Curricular: 10 horas

DISCIPLINAHISTÓRIA CONTEMPORÂNEA
EMENTA: Discussão sobre as revoluções, o período napoleônico, a formação do Estado-nação e Imperialismo; Questionamentos acerca da I e II Guerra Mundial e o período conhecido como entre-guerras e, a partir de então o surgimento dos conceitos modernidade e pós-modernidade. Serão destinadas 10 horas para atividades de prática de ensino.

DISCIPLINA: HISTÓRIA DO BRASIL I (3° ANO Matriz antiga)
EMENTA: A presente disciplina propõe uma discussão sobre o período denominado Brasil Colônia numa perspectiva econômica, política e social, privilegiando também seus aspectos culturais. Serão destinadas 10 horas aula para atividade de prática de componente curricular.

DISCIPLINA: HISTÓRIA DO BRASIL II (4° ANO Matriz antiga)
EMENTA: Discussão sobre a história social do Brasil imperial e do Brasil no período republicano, bem como a participação popular e seus impasses e o advento do capitalismo industrial e as transformações econômico-sociais na estrutura da sociedade, tudo permeado por uma discussão sobre  a vida cultural brasileira nos séculos XIX e XX. Destinação de 20 h/a para atividades de prática de ensino, desenvolvidas na Instituição ou fora dela, de acordo com projeto proposto.

DISCIPLINA: HISTÓRIA DO BRASIL I (1° ANO – Matriz nova)
EMENTA: Estudo das características e modalidades fundamentais da colonização portuguesa na América e dos principais temas e debates da historiografia sobre a Colônia. Através do estudo de obras clássicas, trabalhos recentes e de documentos históricos, diferentes análises sobre a sociedade colonial e sobre as múltiplas experiências e práticas dos colonos serão discutidas, procurando contemplar as novas tendências, metodologias, fontes e objetos que marcaram os estudos sobre a América portuguesa nos últimos anos. Serão destinadas 20 horas aula para atividade de prática de componente curricular

DISCIPLINA: HISTÓRIA DO BRASIL II
EMENTA: 
O curso estruturar-se-á em torno das questões de cultura e sociedade, adentrando nas questões de religiosidade, gênero, educação, saberes e técnicas na América Portuguesa. A questão da escravidão e das mestiçagens será foco sempre presente nos debates, bem como dar-se-á ênfase aos movimentos de contestação e crise do sistema. Serão destinadas 20 horas aula para atividade de prática de componente curricular.

DISCIPLINA: HISTÓRIA DO PARANÁ I
EMENTA: 
Estudo da história e da produção historiográfica relativas ao Paraná, dando ênfase ao período correspondente ao da presença indígena, a consolidação da presença portuguesa e a experiência do Paraná Provincial. Serão destinadas 15 horas aula para atividade de prática de componente curricular.

DISCIPLINA: HISTÓRIA DO PARANÁ II
EMENTA:
Estudo do Paraná Republicano, com ênfase nos movimentos sociais, na articulação política, na conformação econômica e na construção historiográfica. Serão destinadas 15 horas aula para atividade de prática de componente curricular

DISCIPLINA: HISTÓRIA DA ÁFRICA
EMENTA: O objetivo do curso consiste em fornecer o instrumental básico para a realização de atividade de pesquisa e docência na temática de história da África tradicional (Pré colonial), abrangendo conteúdos, métodos e técnicas de pesquisa, trabalho com documentos e desenvolvimento de análise critica. O enfoque do curso situa-se em três níveis fundamentais: uma introdução a questão da construção a história Africana. Teorias e métodos para história africana, e apresentação das civilizações Africanas Tradicionais. A disciplina prevê ainda a realização de atividade de prática de ensino, com carga de 20 horas para seu cumprimento integral.

DISCIPLINA:HISTÓRIA E CULTURA AFRO-BRASILEIRA
EMENTA: 
Visão Global da evolução histórica da África no período moderno e contemporâneo. Apreensão dos conceitos básicos relativos aos processos da escravatura e tráfico de escravos, colonização e descolonização. A condição do negro no Brasil após a abolição da Escravidão. Cultura e identidade afro-brasileira no século XX. As formas integração/exclusão do negro na sociedade brasileira. As relações do Brasil com a África no século XX. Serão destinadas 15 horas aula para atividade de prática de componente curricular

DISCIPLINA: HISTÓRIA DA ARTE (4° ano)
EMENTA: Discutir as principais formas de recepção  do conteúdo artístico produzido pelo ser humano nos diversos tempos históricos. Prática Como Componente Curricular: 14 h/a

DISCIPLINA: INTRODUÇÃO A PALEOGRAFIA (2° ano)

EMENTA: O estudo dos escritos antigos: origens e fundamentos. A técnica paleográfica: metodologia de trabalho, manuseio de documentos, leitura e transcrição (ipsis litteris, parcialmente atualizada e atualizada). A Paleografia como instrumento auxiliar de pesquisa (fins e meios). Os tipos documentais – paroquiais (batismos, matrimônios, óbitos e testamentos) e jurídico-cartoriais (inventários post-mortem, processos-crime): formatos e características

PROGRAMAS DO CURSO

PROJETOS DESENVOLVIDOS EM 2011
Projeto Orientalismo (Link)
Projeto Antiquitaes (Link)
Projeto de História da África  e Afro-brasileira nas escolas (PIBID)

PROJETOS PROPOSTOS E EM DESENVOLVIMENTO EM 2012
LESCAGE
LADOM: O Laboratório Arquivistico: Documentação e Mídias - LADOM, intenciona oferecer base documental sólida a verticalização dos programas de pós graduação que a UNESPAR pretende subvencionar. A constituição de um laboratório que integre parte da documentação do arquivo mantido atualmente pela FAFIUV, e a documentação digital, sonora e audio-visual produzida pelo Laboratório de História oral que integra o colegiado de História desta instituição. A organização dos acervos e composição de instrumentos de pesquisa devem resultar em uma formação mais sólida aos alunos da graduação e fornecer uma base empírica consistente as pesquisas de pós graduação em nível de especialização, mestrados e futuros doutorados que se valham de acervos documentais locais ou midiáticos
DADOS DO COORDENADOR DO CURSO
Ms. Jefferson William Gohl
Possui graduação de licenciatura em História pela Faculdade Estadual de Filosofia, Ciências e Letras de União da Vitoria (2000) e mestrado em História na linha de pesquisa Cultura e Poder, pela Universidade Federal do Paraná (2003). Atuou como colaborador entre 2003 e 2006, em disciplinas de Metodologia de Ensino de História, Antropologia Cultural e Iniciação aos Estudos Históricos. Possui experiência na área de Ensino de História, com ênfase em História do Brasil, Contemporânea e Moderna, atuando principalmente nos seguintes temas: Metodologia e Prática do Ensino de História, Antropologia cultural, maçonaria, e aspectos da cultura em sociedades contemporâneas.

Endereço  CV:  http://lattes.cnpq.br/4434615129660953 

CONTATO DOS PROFESSORES


Professor

CONTATOS  Email

Aldanila Sequinelli

aldanilas@yahoo.com.br

André da Silva Bueno

orientalismo@gmail.com

Eloy Tonon

eloy_tonon@yahoo.com.br

Everton Grein

evgrein@gmail.com

Ilton Cesar Martins

iltoncesar@yahoo.com.br

Jeffersom William Gohl

jwgohl@yahoo.com.br

Kelly Cristina Benjamim Viana

crysvianna@hotmail.com

Leni Trentim Gaspari

profleni@yahoo.com.br

Michel Kobelinski

mkobelinski@yahoo.com.br

Soeli Regina Lima

soeli8@yahoo.com.br

Dulceli T. Estacheski

dulce_tonet@yahoo.com.br

Everton Crema

evertoncrema@yahoo.com.br

HORÁRIO DE ATENDIMENTO AO ACADÊMICO 

Professor

Dia da semana

Horário

Dulceli Tonet Estacheski

Terça - feira

21:50 (quarta aula)

Everton Carlos Crema

Quarta  - feira

19:00 (primeira aula)

Ilton Cesar Martins

Quinta - feira

20:55 (terceira aula)

Jefferson William Gohl

Quarta - feira

19:00 (primeira aula)

Michel Kobelinski

Quinta -  feira

19:00 (primeira aula)

Kelly Cristina B. Viana

Quinta -  feira

19:55 (segunda aula)

 

 

 

Praça Coronel Amazonas, S/N - Centro Cx. P. 291 - CEP: 84600-000 - União da Vitória - PR - Fone/Fax: (42) 3521-9100