QUÍMICA

1. BREVE HISTÓRICO DO CURSO

           O curso de Química, habilitação em Licenciatura, um dos mais recentes da Faculdade Estadual de Filosofia, Ciências e Letras de União da Vitória (FAFIUV), teve seu funcionamento autorizado pelo Parecer nº 673/2002 de 7 de Agosto 2002 como conseqüência da Lei nº 3001 de 22 de Dezembro de 1956, autorizando a criação da Faculdade Estadual de Filosofia, Ciências e Letras de União da Vitória (FAFIUV).
           No dia 22 de Maio de 2007, o MEC oficializou o Reconhecimento do Curso de química publicando no Diário Oficial da União (DOU) a Resolução nº 035/2007. O curso de Química foi reconhecido pelo Decreto Nº 1040, de 27/06/2007, pelo Governo do Estado do Paraná. A Portaria foi publicada no Diário Oficial no dia 27/06/2007.
            A aprovação da proposta pedagógica do Curso de Graduação em Química – Licenciatura, Resolução nº 035/2007, da FAFIUV, foram fixados com duração mínima de 4 (quatro) anos e máxima de 7 (sete) anos, perfazendo um total de 3480 horas, com funcionamento nos períodos vespertino e noturno, 48 vagas anuais, sendo 24 vagas anuais (vespertino) e 24 vagas anuais (noturno).
            O Colegiado do Curso ministra todas as disciplinas de química da FAFIUV, atendendo alunos de graduação anualmente nos cursos de Química e Ciências Biológicas. O curso de química possui aproximadamente 190 alunos matriculados. Tendo no ano de 2006 os primeiros formandos.
           O Departamento de Química também oferece o curso de pós-graduação em química “Lato-Sensu”, desde Janeiro de 2007. Além de ofertar cursos de aperfeiçoamento para profissionais e acadêmicos de química, e áreas afins.
           A formação de recursos humanos sempre foi o principal lema do Departamento de Química, contando hoje com 10 professores, entre eles doutorandos, mestres e especialistas.

 

2. FORMAÇÃO DO CURSO: LICENCIATURA

NÚMERO DE VAGAS: 48 vagas anuais
TURNOS DE FUNCIONAMENTO: vespertino (24 vagas) e noturno (24 vagas)
DURAÇÃO DO CURSO: tempo de integração curricular é de, no mínimo (4) quatro anos letivos e, no máximo, de (7) sete anos letivos. A carga horária total do curso é de 3528 horas/aula.

 

3. OBJETIVOS DO CURSO
           O principal objetivo do curso é a formação de professores habilitados para o ensino de Ciências no Primeiro Grau e para o ensino de Química, Física ou Matemática no Segundo Grau. O núcleo básico desse curso se estende até o terceiro ano e visa a formação geral do futuro professor. Nos três primeiros anos os estudantes cursam disciplinas fundamentais das áreas de Química, Física e Matemática, e disciplinas através das quais desenvolverá aptidões voltadas para a interpretação, análise crítica e produção de textos didáticos e que envolvem técnicas de comunicação e de edição de textos (incluindo o uso de computadores e programas dedicados). Posteriormente entram em contato com as áreas especificadas da Química: Química Orgânica, Química Inorgânica, Físico-Química, Química Analítica, Bioquímica, Mineralogia, Tecnologia Orgânica, Análise Instrumental.

 

4. PROFISSÃO
           O licenciado em Química tem formação generalista, com domínio das técnicas básicas de utilização de laboratórios e equipamentos, com condições de atuar no campo de atividades sócio-econômicas que envolvam as transformações da matéria; direcionando essas transformações, controlando os seus produtos, interpretando criticamente as etapas, efeitos e resultados; aplicando abordagens criativas a solução dos problemas desenvolvendo novas aplicações e tecnologias.
           O licenciado em Química tem uma formação sólida e abrangente em conteúdos dos diversos campos da Química, com preparação adequada à aplicação pedagógica do conhecimento e experiências de Química e de áreas afins na atuação profissional como educador na educação fundamental e média.
           A área principal de atuação profissional do licenciado em química é a docência no ensino médio. No entanto, deve-se considerar que o Curso de Licenciatura em Química por oferecer uma sólida formação em conhecimentos da ciência química e de ciências correlatas, estará preparando profissional capaz de atuar em diferentes segmentos do mercado de trabalho, resultando assim, num profissional realizado a partir do sucesso.

 

5. PERFIL DO PROFISSIONAL
           Tem consciência da importância social da profissão como possibilidade de desenvolvimento social e coletivo. Exerce a sua função com espírito dinâmico, criativo, na busca de novas alternativas educacionais, enfrentando como desafio as dificuldades do magistério. Possui conhecimento sólido e abrangente na área de atuação e habilidade suficiente em Matemática para compreender conceitos de Química e Física; Possui capacidade crítica para analisar seus próprios conceitos.
           Sabe trabalhar em equipe e tem uma boa compreensão das diversas etapas que compõem um processo industrial ou uma pesquisa, sendo capaz de planejar, coordenar, executar ou avaliar um processo industrial ou uma pesquisa. Tem formação humanística que lhe permita exercer plenamente sua cidadania e, enquanto profissional, respeita o direito à vida e ao bem-estar dos cidadãos.

 

6. COMPETÊNCIAS E HABILIDADES
           Os licenciados em química deverão estar aptos a difundir e utilizar o conhecimento adquirido ao longo de sua formação para o bem da sociedade, atendendo às suas necessidades dentro de padrões de ética, respeito à cidadania e preservação do meio ambiente. Além disso, devem atuar como sujeitos de transformação da realidade da educação básica brasileira devendo inserir-se na instituição escolar e no exercício cotidiano de sua profissão enfrentando os desafios da sala de aula, bem como as tarefas que as transcendem. As atividades que os profissionais da Química podem desempenhar são determinadas por uma resolução normativa do CFQ, desde 1974.
Elenco de atividades dos profissionais da Química (Resolução Normativa C.F.Q. n° 36 de 25/04/74 -DOU de 13/05/74):
1) Direção, supervisão, programação, coordenação, orientação e responsabilidade técnica no âmbito de suas atribuições respectivas;
2) Assistência, assessoria, consultoria, elaboração de orçamentos, divulgação e comercialização no âmbito das atribuições respectivas;
3) Vistoria, perícia, avaliação, arbitramento de serviços técnicos, elaboração de pareceres, laudos e atestados, no âmbito das atribuições respectivas;
4) Exercício do Magistério, respeitada a legislação específica;
5) Desempenho de cargos e funções técnicas, no âmbito das atribuições respectivas;
6) Ensaios e pesquisas em geral. Pesquisas e desenvolvimento de métodos e produtos;
7) Análises química e físico-química, químico-biológica, bromatológica, toxicológica, biotecnológica e legal, padronização e controle de qualidade.
           O curso de Licenciatura em Química tem a finalidade básica de formar profissionais reflexivos aptos a integrar o processo da educação básica, de maneira responsável, com participação ativa no desenvolvimento de processos pedagógicos, principalmente relacionados com o conhecimento químico. Os Licenciados em Química deverão adquirir formação para atuarem como professores a partir de conhecimentos que integram o conjunto dos campos de saberes envolvidos na educação química. Isto também significa que o licenciado deve adquirir habilidades instrumentais que o capacitem para a preparação e desenvolvimento de recursos didáticos e instrucionais relativos à sua prática e ser preparado para atuar como pesquisador no Ensino de Química. Para a formação do professor é imprescindível que a instituição ofereça oportunidades de participação de situações práticas de ensino-aprendizagem nos seus diferentes níveis. Também é fundamental promover a interação do aluno em processos de planejamento e acompanhamento da estratégia de ensino a ser aplicada no nível médio. A forte interação com o público, concretizada no ambiente escolar, reforça a necessidade de boa formação humanística para estes profissionais, num contexto que se expande a diversos ramos.
           Assim sendo, o curso deve oferecer condições de desenvolvimento e estímulo de habilidades de interação pessoal e com o conhecimento como ferramenta de seu trabalho. Pretende-se oferecer ao licenciado uma formação muito sólida do conteúdo de Química para viabilizar os necessários processos de transposição didática que resultarão nos instrumentos de sua prática de trabalho no ensino médio. Pretende-se oferecer uma visão geral e abrangente da Química para que o licenciado vivencie os diferentes níveis de complexidade e abordagem dos tópicos nos diferentes níveis. Além disso, pretende-se também desenvolver habilidades de levantamento de concepções prévias para que o professor possa adequar sua metodologia ao perfil de seus alunos. Deve-se ressaltar ainda a inserção do profissional num contexto de mudanças sócio-econômicas que valorizam a preservação do meio ambiente. Neste contexto, a formação do professor de Química deve contemplar educação ambiental, conscientização ecológica e valores éticos que permeiam a ação do químico na sociedade atual.

 

7. HABILIDADES PESSOAIS E PROFISSIONAIS ESPERADAS
           O licenciado em Química deve manifestar o seguinte conjunto de habilidades:

 

7.1. COM RELAÇÃO À SUA FORMAÇÃO PESSOAL

- Assumir o processo ensino/aprendizagem em constante evolução, onde o ser humano desempenha um papel fundamental.
- Saber refletir sobre o comportamento profissional que a sociedade espera do educador, estando sempre atualizado com os novos conhecimentos científicos e educacionais que são desenvolvidos e testados.
- Desenvolver a capacidade de trabalhar em equipe, utilizando este trabalho como uma das etapas que compõem o processo de aprendizado em Química.
- Investir no aprimoramento contínuo de sua formação, buscando o auto-aperfeiçoamento e o desenvolvimento dos sensos de investigação e de criatividade direcionados para o Ensino de Química.
- Associar o Ensino de Química a todas as formas de desenvolvimento humano, buscando a interdisciplinaridade do conhecimento, além de atualidade e qualidade do ensino.
- Adaptar-se ao meio no qual está inserido, com habilidades para desenvolver e aplicar material didático e instrucional com os recursos disponíveis

7.2. COM RELAÇÃO À COMPREENSÃO DA CIÊNCIA QUÍMICA:
- Compreender os conceitos, leis e princípios da Química, incluindo Química Quântica;
- Acompanhar e compreender os avanços científico-tecnológicos;
- Reconhecer a Química como uma construção humana compreendendo os aspectos históricos de sua produção e suas relações com os contextos cultural, sócio-econômico e político.

7.3 COM RELAÇÃO À COMUNICAÇÃO E EXPRESSÃO E À BUSCA DE INFORMAÇÃO
- Capacidade de compreender, interpretar e redigir textos científico-tecnológicos.
- Capacidade de interpretar e utilizar as diferentes formas de representação (tabelas, gráficos, símbolos, expressões).
- Capacidade de comunicar corretamente os projetos e resultados de pesquisa na linguagem científica, oral e escrita.
- Capacidade de comunicação oral e escrita para a interação com seus pares no contexto social e profissional.

7.4. COM RELAÇÃO AO TRABALHO EM ENSINO DE QUÍMICA
- Ser receptivo à incorporação de novas técnicas de Ensino de Química no seu projeto de ensino/aprendizagem;
- Estar atualizado em relação aos novos projetos e propostas de Ensino de Química que são testados e têm seus resultados publicados;
- Saber utilizar os recursos de laboratório e computação como material didático;
Fazer a auto-avaliação do seu desempenho em sala de aula, identificando eventuais problemas no processo de ensino/aprendizagem, na busca do aprimoramento de sua prática docente;
- Enfatizar as aplicações da Química de forma contextualizada;
- Conhecer as regras básicas de segurança em laboratório e de descarte de resíduos;

7.5 COM RELAÇÃO À PROFISSÃO
- Inserir-se no contexto social, disseminando e utilizando o conhecimento importante para a sociedade;
- Encarar o desafio de buscar formas alternativas de educação para contornar as dificuldades do ensino em escolas públicas;
- Saber avaliar criticamente as condições de ensino nas escolas de diferentes regiões;
Assumir o compromisso de preparar os alunos do ensino fundamental e médio para o exercício da cidadania;
- Organizar, escrever e analisar criticamente o material didático disponível para o Ensino de Química nos níveis fundamental e médio;
- Ter consciência da importância social do educador como peça chave no desenvolvimento social da coletividade e na preservação do meio ambiente.
Atuar dentro dos limites éticos compatíveis com sua área de atuação.

8. ATIVIDADES PROFISSIONAIS
           Neste sentido, o licenciado em química deverá ser capaz de:
           Atuar no ensino não-formal, até agora pouco explorado, como ensino à distância, educação especial (ensino de Química para portadores de necessidades especiais), centros e museus de ciências e divulgação científica;
           Continuar sua formação acadêmica ingressando preferencialmente na Pós-Graduação nas áreas de Ensino de Química, Educação, Divulgação Científica ou qualquer das sub áreas da Química;
           Produzir conhecimentos relevantes para a área de Ensino de Química;
           Lecionar disciplinas de Química em Instituições de Ensino Superior.
           Desenvolver metodologias e materiais didáticos de diferentes naturezas, identificando e avaliando seus objetivos educacionais;
            Articular as atividades de ensino de Química na organização, planejamento, execução e avaliação de propostas pedagógicas da escola;
            Manter atualizada sua cultura geral, científica e pedagógica, assim como seu conhecimento técnico específico;
           Dominar habilidades básicas de comunicação e cooperação;
           Atuar profissionalmente com base nos princípios da reflexão sobre sua atuação, da pesquisa como meio de interpretar os problemas especialmente ligados ao processo ensino/aprendizagem e da ética, como base da formação para a cidadania de seus alunos.

 

MATRIZ CURRICULAR DO CURSO DE QUÍMICA
Para ingressantes a partir de 2008

 

 

DISCIPLINA

T

PCC

Sem

Anual

PRÉ REQUIS.

 

S
É
R
I
E

CDI I

Cálculo Diferencial e Integral I

62

10

2

72

-

INF

Informática Aplicada a Química

62

10

2

72

-

FGE I

Física Geral I

62

10

2

72

-

QGE

Química Geral

124

20

4

144

-

QGE

Química Geral Experimental

62

10

2

72

-

QIN I

Química Inorgânica I

62

10

2

72

-

FED

Fundamentos da Educação

62

10

2

72

-

PE

Psicologia da Educação

62

10

2

72

-

ING

Inglês Instrumental

62

10

2

72

-

 

 

CARGA HORÁRIA TOTAL

 

 

20

720

 

 

S
É
R
I
E

QOR I

Química Orgânica I

62

10

2

72

QG I

QORE

Química Inorgânica Experimental

62

10

2

72

QGE/QIN I

QIN II

Química Inorgânica II

62

10

2

72

QG/Q IN I

FGE II

Física Geral II

62

10

2

72

FG I

QAQL

Química Analítica Qualitativa (2T+2P)

124

20

4

144

QG/QIN I

FQ I

Físico-Química I

124

20

4

144

QG/CDI I

CDI II

Cálculo Diferencial e Integral II

62

10

2

72

CDI I

IPC

Iniciação à Pesquisa Científica

62

10

2

72

-

 

 

 

CARGA HORÁRIA

 

 

20

720

 

 

S
É
R
I
E

QOR II

Química Orgânica II

124

20

4

144

QOR I

QOE

Química Orgânica Experimental

62

10

2

72

QOR I

FQ II

Físico-Química II

124

20

4

144

FQ I

FQE I

Físico-Química Experimetal

62

10

2

72

FQ I

QAQT

Química Analítica Quantitativa (2T+2P)

124

20

4

144

QAQL

OPT I

Eletiva I

62

10

2

72

-

DME I

Didática e Metodologia do Ens.de Quím. I

62

10

2

72

-

 

 

Estágio Supervisionado

 

200

 

920

-

 

 

CARGA HORÁRIA

 

 

20

720

 

 

S
É
R
I
E

QAM

Química Ambiental

62

10

2

72

QOR II/QAQT

MN I

Mineralogia

62

10

2

72

-

BQ I

Bioquímica

62

10

2

72

QOR II

ANI I

Análise Instrumental

62

10

2

72

QAQT

 

Tecnologia Orgânica

62

10

2

72

QOR II/QORE

IEQ

Instrumentação p/ Ensino Química

62

10

2

72

-

HQ

História da Química

62

10

2

72

-

OPTI

Eletiva II

62

10

2

72

-

DME II

Didática e Metodologia  do Ens.Química II

124

20

4

144

DME I

 

 

Estágio Supervisionado

 

200

 

200

-

 

 

CARGA HORÁRIA TOTAL

 

 

20

920

 

 

 

Subtotal

3280

 

Atividades Acadêmicas Complementares

200

 

TOTAL DE CARGA HORÁRIA DO CURSO

3480

 

 

9. DADOS DO COORDENADOR DO CURSO

            O colegiado do curso de Química é dirigido pelo coordenador, tendo como substituto imediato o vice-coordenador, ambos com mandatos eletivos de dois anos. O colegiado de Química é o órgão máximo de deliberação do curso, sendo composto por seus professores e representantes dos servidores administrativos e do corpo discente.

O curso iniciou sob a coordenação do professor Marcos Joaquin Vieira.
            Atualmente é coordenado pelo Profo. Ms. Geronimo Wisniewski, não tendo um vice-coordenador por razões de dedicação exclusiva.

10. DADOS PESSOAIS DO COORDENADOR:

Nome:  Geronimo Wisniewski
Fone/Fax: (42) 3521-9100
Endereço: Praça Coronel  Amazonas s/n. Centro
União da Vitória-PR CEP: 84600-000
Formação Acadêmica:
Mestre em Educação Tecnológica – UFSC-SC
Graduado em Licenciatura em Química – PUC-PR
Experiência Profissional.
- Professor aposentado do ensino Médio
- Professor Universitário atuante desde o ano de 1990.

11. EMAIL DOS PROFESSORES DO CURSO

Álvaro Fontana: alvaro.font@gmail.com
Dileize Silva: dileize_silva@yahoo.com.br
Gerônimo Wisniewski: geronimo_w@hotmail.com
Lutécia H. da Cruz:  luteciacruz@gmail.com
Marcelo R. F. Echterhoff: marcelo.echterhoff@gmail.com
Marcos J. Vieira: markitoj@hotmail.com
Sandra Regina de Moraes: sandraremo@yahoo.com.br

Quienly Godoy Machado: qgodoi@yahoo.com.br

12. HORÁRIO DE ATENDIMENTO DOS PROFESSORES AOS ACADÊMICOS

ÁLVARO FONTANA:
Vespertino: 2ªF das 13:30 as 15:15 h
Noturno: 6ªF das 19:00 as 20:30 h

GERÔNIMO WISNIWESKI
2a Feira:  VESP. 15:30  às  17:30hs
4a Feira:   NOT ;  19:00 às  22:30hs


LUTÉCIA HIERA DA CRUZ:
Vespertino: 6ªF das 13:30 as 15:00 h
Noturno: 6ªF das 19:00 as 20:30 h

MARCELO RODRIGO
Vespertino: 5ªF das 15:30 as 16:45 h
Noturno: 6ªF das 19:00 as 20:30 h

MARCOS JOAQUIM VIEIRA:
Vespertino: 2ªF das 13:30 as 14:15h
Noturno: 5ªF das 09:30 as 22:15 h


QUIENLY GODOY MACHADO:
2a Feira:  VESP: 13:30 às  15:30hs
Noturno:   20:30 às  22:30hs


SANDRA REGINA DE MORAES
Vespertino: 3F das 13:30 as 15:30 h
Noturno: 4F das 19:00 as 20:30 h 

 

13. LINKS INTERESSANTES

http://www.sbq.org.br
http://www.abiquim.org.br
http://quimicanova.sbq.org.br/quimicanova.htm
http://www.periodicos.capes.gov.br
http://www.capes.gov.br/capes/portal
http://www.fundacaoaraucaria.org.br
http://lattes.cnpq.br
http://www.nature.com/index.html
http://sciencemagazine.com
http://www.quimica.com.br


14.  INFRAESTRUTURA DOS LABORATÓRIOS DE QUÍMICA

           O Departamento de Química da FAFIUV dispõe de laboratórios de ensino com um total de 98 m2, dequados com Materiais necessários as aulas experimentais do curso. A infra-estrutura disponível conta, dentre outros, com os seguintes equipamentos:

- BALANÇA ELÉTRICA MARK 2200 BEL ENGINEW
- BANHO MARIA ANALÓGICO LS LOGEN
- CENTRÍFUGA 8028 MARCONI
- CONTADOR DE COLÔNIAS CP – 602 PHOENIX
- DEIONIZADOR PERMUTION
- ESTUFA PARA ESTERILIZAÇÃO E SECAGEM EL 1.0 MEDICATE
- ESPECTROFOTÔMETRO SP – 1105
- PH-METRO LS 300
- FORNO MUFLA

 

Praça Coronel Amazonas, S/N - Centro Cx. P. 291 - CEP: 84600-000 - União da Vitória - PR - Fone/Fax: (42) 3521-9100